Sorteio – Adesivos de Azulejo Dona Cereja

Oba, primeiro sorteio do blog!

Para quem ama decoração e espaços criativos e personalizados, adesivos de azulejo são uma excelente opção! Além de serem práticos de colocar (e muito mais baratos do que contratar um pedreiro e comprar azulejos de verdade), são laváveis e com várias opções. E hoje, você pode ganhar um kit pra deixar sua casa ainda mais linda, legal, né? Já falei dessa ideia no blog, então dá um pulo no post Transformando o Banheiro e a Cozinha com Adesivo de Azulejo e tenha várias ideias para decorar sua casa com os azulejos!

sorteio-adesivos-azulejo

A loja virtual Dona Cereja disponibiliza inúmeros modelos (um mais lindo do que o outro) de adesivos de azulejo, e você (caso ganhe) poderá escolher o modelo que mais combinar com a sua casa! Basta dar uma olhadinha neste link para ver quais são os modelos disponíveis.

ADESIVOS DE AZULEJO – SORTEIO

– O ganhador poderá escolher qualquer kit no valor de R$ 30,00 informado NESTE LINK;
– O kit dispõe de 16 adesivos de 10 cm x 10 cm.

REGRAS DE PARTICIPAÇÃO

– Curtir a Página no Facebook do Abilolando;
– Confirmar a participação neste link;
– O sorteio ocorrerá no dia 20/03/2015 às 18h;
– Caso o(a) sorteado(a) não tenha cumprido as regras (curtir publicamente a página), ocorrerá um novo sorteio.
– Caso o(a) sorteado(a) não entre em contato em até 48 horas, ocorrerá um novo sorteio.
– Perfis somente de sorteios serão automaticamente desclassificados.
– O prazo de entrega dos produtos varia de acordo com os correios de cada Estado.
– Promoção válida para todo Brasil.

Boa sorte, gente! 🙂

Anúncios

Meu Intercâmbio em Vancouver / Canadá (Parte 7) – Onde fazer compras de eletrônicos, roupas e souvenirs

Oi Gente!

Dando continuidade à minha série “Meu Intercâmbio em Vancouver”, na qual compartilho minhas experiências na cidade mais linda do Canadá durante o meu intercâmbio, hoje darei algumas dicas de compra na cidade, seja de eletrônicos, de roupa, de souvenir, etc. Aproveite! E ah, sua primeira vez aqui no blog? Então antes de dar uma olhada nesse post, atualize-se sobre o que já foi falado, assim você já fica aquecido para essas informações:

Meu Intercâmbio em Vancouver / Canadá (Parte 1) – Primeiros Passos

Meu Intercâmbio em Vancouver / Canadá (Parte 2) – Fazendo as Malas e Viajando

Meu Intercâmbio em Vancouver / Canadá (Parte 3) – Curso de Inglês e Hospedagem

Meu Intercâmbio em Vancouver / Canadá (Parte 4) – Stanley Park, Lynn Valley, Gastown e Lookout Tower

Meu Intercâmbio em Vancouver / Canadá (Parte 5) – Grouse Mountain, Vancouver Acquarium, Jogo de Hockey e UBC

Meu Intercâmbio em Vancouver / Canadá (Parte 6) – 23 Curiosidades sobre a cidade

168634_1263136716724_8346943_n (1)

Bueno, acho que agora já podemos começar com as dicas né? Lembre-se que quando você for a Vancouver, você andará bastante, então prepare-se para bater perna, inclusive para fazer compras. É sempre bom saber onde comprar eletrônicos, roupas e souvenirs, então aqui você receberá uma listinha. Basta imprimi-la e vocÊ estará preparado para bater perna ~ e gastar uma graninha ~ em Vancouver. Vamos lá?

PARA COMPRAR ELETRÔNICOS

Best Buy

Maior loja dos Estados Unidos de produtos eletrônicos, você também encontra a Best Buy em Vancouver. É, sem dúvida, a melhor opção para quem quer adquirir eletrônicos em Vancouver. A loja é enorme e tem grande variação de produtos, de games, telefones celulares a fones de ouvidos, computadores e câmeras fotográficas. Os atendentes são incrivelmente atenciosos.
Onde achar: 2220 Cambie Street ou no Shopping Metrotown

Future Shop

Outra grande loja de departamento de eletrônicos no Canadá, você encontrará itens semelhantes à Best Buy. Além disso, há seções para crianças, itens de saúde, brinquedos e coisas para casa. É bem diversificada! E ah, é canadense!
Onde achar: 798 Granville St., 1740 West Broadway ou em vários outros lugares como North Vancouver, Richmond, Coquitlam, entre outros.

Sears

Todo mundo conhece a Sears, né gente? Uma GIGANTE das lojas de departamento estadunidense e daquelas que você encontra de tudo, desde móveis a itens de jardinagem, passando pelos eletrônicos e eletrodomésticos. E tem em Vancouver também, olha só!
Onde achar: 8800 Ne Vancouver Mall Dr, ou no Shopping Metrotown

PARA COMPRAR MEDICAMENTOS / ITENS DIA A DIA

London Drugs

Ficou doente e não sabe onde comprar remédio? Vá a uma London Drugs e sério, tem uma em cada esquina em Vancouver. Em Downtown há inúmeras lojas, então não é difícil de encontrar uma. Foi o primeiro lugar que eu fui, por exemplo, para comprar coisas: acetona, lixa de unha e adaptador de tomada (essa é básica). A London Drugs tem de tudo também, não só itens de beleza, cosmético ou saúde, também vende eletrônicos, relógios e outras coisas. Dê uma passadinha lá!
Onde achar: 1187 Robson Street, 710 Granville St., 2585 East Hastings St. e trocentos outros endereços!

Dollarama

Gente, Dollarama é amor na vida. É tipo uma loja de R$ 1,99 no Brasil (mas lá, obviamente, pelo nome, as coisas são em sua maioria 1 dólar!) mas que tem absolutamente de tudo, desde comida à souvenirs, itens de limpeza para casa. Ou seja, um life saver para qualquer intercambista! E o bom é que tem vários em Downtown!
Onde achar: 668 Seymor Street, 555 Hastings Street West, e muitos outros lugares!

PARA COMPRAR ROUPAS

Shopping Metrotown

É o maior shopping de Vancouver e agrega centenas de marcas, de roupas a eletrônicos, e tem um cinema iMAX incrível! Lá você pode dar uma passeadinha e conferir os produtos que você deseja. Tem loja oficial da Hollister, Old Navy, Gap, que são puro amor! Para chegar lá, é necessário apenas pegar o skytrain e descer na estação que leva o mesmo nome: o shopping fica colado!
Onde achar: Estação de Skytrain Metrotown

Oulet Queensborough Landing

É um centro que concentra várias marcas de roupa e o melhor, com precinho mais camarada! Você encontra marcas como Guess, Tommy Hilfiger, Calvin Klein e algumas outras. A loja fica em New Westminster e vocÊ deve pegar o skytrain e um ônibus pra chegar lá.
Onde achar: 805 Boyd Street

Atmosphere Outdoor

Se você vai no inverno para Vancouver, é bom se preparar e comprar roupas bem quentinhas e impermeáveis, e o melhor negócio é deixar para comprar lá, já que são muito mais baratas. Comprar aqui no Brasil até dá, mas você vai pagar muito mais do que o normal, já que não é roupa para o dia a dia aqui. Lá tem marcas como Timberland, North Face, Columbia e etc, vale a pena conferir!
Onde achar: 777 Dunsmuir Street (Fica no Pacific Centre, em Downtown)

PARA COMPRAR SOUVENIRS

Gastown ou Fraser Street

Lá tem muitas lojas de souvenirs, de tudo quanto é coisa, mas é um pouquinho mais caro, então prepare-se para por a mão no bolso. A Fraser Street é um pouquinho mais longe (nada que um ônibus não resolva), mas vale super a pena, pois você gastará menos. Você também encontra lojinhas na Robson Street, mas como Gastown, são mais caras!

Então é isso, aproveite Vancouver e boas compras!

ATUALIZADO

Acesse os posts seguintes em:

Acesse a parte 8: Meu Intercâmbio em Vancouver / Canadá (Parte 8) – Viajando para Victória

Falando Sobre: A Teoria de Tudo

Mais um filme pra listinha da Maratona Oscar 2015: A Teoria de Tudo. Esse domingo (22 de fevereiro) acontecerá a entrega dos prêmios da academia, e até lá pretendo assistir a 9 filmes, que escrevi neste post, para estar bem aquecida e poder opinar bastante haha. Já assisti Livre (Wild), Boyhood, Whiplash (todos com resenha já escritas aqui no blog), Birdman e Grande Hotel Budapeste (que ainda escreverei). O último que assisti foi a Teoria de Tudo, e hoje falaremos um pouco mais dele.

a-teoria-de-tudo

A Teoria de Tudo foi lançado aqui no Brasil em janeiro e conta a história de um dos maiores cientistas astrofísicos da atualidade, Stephen Hawking, baseado no livro de sua ex mulher, Jane Wide, intitulado “Travelling to Infinity: My Life with Stephen”. O longa retrata o começo da carreira de Stephen, quando ainda estudava em Cambridge (Inglaterra) para retirar seu PhD nos seus estudos sobre o tempo, buraco negro, e outras descobertas no campo da astrofísica. Ainda jovem, Stephen conhece e se apaixona por Jane, também estudante em Cambridge, porém de Letras e, nesse meio tempo, descobre que tem esclerose lateral amiotrófica, ou a doença de Lou Gehrig e, teoricamente, que teria apenas 2 anos de vida.

Ainda na juventude, Stephen demonstra sua genialidade no seu campo de pesquisa, mesmo que de uma forma confusa e desorganizada. Jane e Stephen decidem se casar e sua esposa toma o lugar de mãe, mulher e enfermeira: a típica esposa guerreira, leal e sofrida que abre mão da sua vida e da sua profissão para se dedicar inteiramente à família e ao marido. Durante o período de casamento, Jane e Stephen têm 3 filhos e Stephen torna-se PhD e professor de Cambridge e luta continuamente contra a sua doença, que aos poucos vai limitando seus movimentos e, posteriormente, sua fala.

O longa, basicamente, dá-se no relacionamento de Stephen e Jane e na dificuldade encontrada pelos dois no relacionamento; não há muita ênfase nas suas descobertas, então não vá ao cinema achando que conhecerá muito do seu campo de pesquisa; essas informações são tratadas, mas como pano de fundo: o filme, em si, é um romance. Eu achei o filme lindo, mas ele não é inovador no modo de dirigir, atuar ou editar, como Birdman, Boyhood, Whiplash ou Grande Hotel Budapeste, ele é um típico filme de drama hollywoodiano. As atuações são o ponto alto do filme: Eddie Redmayne está impecável como Stephen Hawking, digno de todas as indicações que recebeu. Todos os trejeitos, a falha na voz, as expressões corporais e faciais são absolutamente perfeitas, e você consegue acompanhar com clareza todas as fases da doença de Hawking a ponto de conseguir entender, com apenas um olhar, o que ele está pensando. Felicity Jones também merece palmas pela atuação como Jane Hawking, está linda, convincente e extremamente sensível e forte, ao mesmo tempo. Ao meu ver as atuações carregam no colo o filme todo!

O filme, no geral, é lindo! Tem 2 horas e 3 minutos e é sensível, agonizante (pela doença de Hawking) e que merece ser visto. Não é o melhor filme deste ano, mas é louvável pela atuação dos atores principais. Queria saber mais sobre as pesquisas de Hawking, mas acho que terei que ler seus livros, então. 🙂 E vocês, o que acharam?

Receitinha: Bolo de Cenoura com Calda de Chocolate

Vitória! Eu, Júlia Abilel Lima, fiz um bolo sozinha!

Pra quem me conhece, sabe que eu sou uma completa pata na cozinha, não faço absolutamente nada (nada não, sei fazer arroz, miojo, salada e pipoca, hahaha). Em casa, o cozinheiro chefe é o Pedro, eu sou tipo sous-chef: corto cebola, descasco batata, ralo queijo, cenoura, lavo louça, etc. Mas nunca cozinho. E não tem dessas que lá em casa eu (a mulher) cozinho o trivial com arroz e feijão e o Pedro (o homem) fica com o glamour da comida gourmet, ele cozinha de tudo, sempre!

Nesse feriado de Carnaval, com uma chuvinha deliciosa, estava morrendo de vontade de comer um bolo e fiquei enchendo o saco do Pedro, mas ele estava trabalhando e quem disse que me deu bola? Até parece! Foi aí que pensei: sua chance, minha filha, seja independente e vá lá e cozinhe você mesma. E foi isso que eu fiz! Pesquisei umas receitas na internet, fui no mercado comprar uns ingredientes que não tinha em casa e fui pra cozinha. Gente, que concentração. Tive que seguir à risca tudo o que a receita dizia, não sou dessas que posso cozinhar no feeling, senão ~dá ruim~. E não é que deu certo? O bolo ficou fofinho, não solou e ficou uma delícia! Fiquei muito muito orgulhosa de mim mesma! E é claro que não podia deixar de compartilhar essa receitinha com vocês. Agora já tenho mais um item pra botar na minha vasta (só que não) experiência gastronômica. Vamos à receita?

Bolo de cenoura com calda de chocolate

bolo-cenoura

Você vai precisar de:

Para a massa:

– 3 cenouras médias raladas (mais ou menos 250g);
– 1/2 xícara de óleo;
– 4 ovos;
– 2 xícaras de açúcar;
– 2 e 1/2 xícaras de farinha de trigo;
– 1 colher de sopa de fermento.

Para a cobertura:
– 2 e 1/2 colheres de manteiga;
– 2 colheres de achocolatado em pó;
– 1 copo de leite.

Para fazer o bolo, é bem simples (se eu fiz, né, tem que ser): Comece descansando as cenouras e rale-as. Coloca no liquidificados as cenouras raladas, o óleo e os ovos e bata. Quando ficar homogêneo, adicione o açúcar e bata mais um pouco (por volta de 5 minutos). Enquanto isso, pré-aqueça o forno a 180ºC e unte a forma do bolo. Quando a mistura ficar homogênea, despeje-a em uma tigela e vá adicionando, aos poucos, a farinha de trigo. Bata bem. Por fim, adicione o fermento e bata mais um pouco (bem pouco) e leve ao forno por volta de 40 minutos. A calda é bem simples: misture todos os ingredientes em uma panela e deixe ferver. Mexa bem a todo momento até a mistura ficar um pouco mais consistente. Se quiser, adicione açúcar. Eu não adicionei e ficou bom. Sirva! 🙂

E então, sucesso ein? Nível Júlia! 🙂

10402383_560654964071209_5901481532461041689_n

TAG – 15 Coisas estranhas sobre mim

Nessa sexta-feira 13, estou aqui para responder uma TAG com perguntas um tantico estranhas, rsrs. Eu já respondi duas tags aqui no blog: Me Conhecendo Melhor e Meu Bichinho de Estimação. Então se você ainda não conferiu, dá uma passada lá para me conhecer melhor, além de conhecer minhas filhotas felinas gordas mais lindas desse mundo. Então vamos responder a TAG de hoje?

julia

1) Qual o apelido que apenas a sua família te chama?
Eita perguntinha polêmica, já pra começar tirando um sarro de Julinha. Minha mãe sempre me chamou, e continua me chamando, de Fifi. Apelido fofo para momentos de descontração e felicidade. Se ela está brava, é Júlia mesmo, hahaha. Momento dramático: Meu pai me chama desde pequena (e ainda hoje, com 25 anos, às vezes ele solta essa pérola) de Perereca. Pausa pra zoeira. Despausa. É isso 🙂 Hahahaha. O resto da minha família me chama de Jú, a minha prima (que é quase irmã) me chama de Pretinha.

2) Qual hábito estranho você tem?
Todo mundo tem um hábito estranho né, gente? Acho que o hábito mais estranho (e o que mais minha mãe e o Pedro reclamam) é de coçar a garganta. Sabe aquele barulho que parece um porco, que você faz com a garganta? Então, sou eu, prazer. Quando estou com crise de rinite, então, ninguém segura. É coçando a orelha, o nariz e o ouvido ao mesmo tempo. Lindo de se ver.

3) Você tem alguma fobia estranha?
Não tenho fobia de insetos ou animais, tenho medo ou nojo, mas é normal. Mas uma coisa que tenho medo mesmo, e que me tira a razão, é voar de avião. Gente, que desespero. Odeio a sensação com todas as minhas forças. E não é, necessariamente, medo de morrer. É medo do desespero pré-morte, sabe? Logo que entro no avião, já lembro do filme Premonição, já me imagino chorando, caindo as máscaras de oxigênio. Aff. Medo.

4) Qual música você canta em voz alta?
Nossa, são tantas. Tenho uma ideia de que canto bem (só que não) e adoro cantar em casa, mas principalmente músicas de musicais, tipo Les Misérables, Frozen, e por aí vai. Solto a voz mesmo. E no caso dos Miseráveis, sou #TeamEponine até o fim. Quem mais? 🙂

5) Qual mania dos outros mais te irrita?
Sou uma pessoa muito implicante (o Pedro que o diga), mas tem coisas que me irritam de uma forma especial, como comer com a boca aberta ou fazer barulho enquanto come, ou tremer as pernas, sabe? Gente, que nervoso!

6) Quando você está nervosa, qual hábito você pratica?
Eu choro, e muito. E não necessariamente porque eu estou triste ou porque não sei o que falar. Ficar nervosa me dá uma vontade enorme de chorar de ÓDIO, entende? hahah. Outra mania que tenho quando eu e o Pedro brigamos, por exemplo, é ficar quieta. É péssimo isso, porque eu evito o diálogo, mas é bom porque evito o atrito ainda mais, né?

7) Qual lado da cama você dorme?
Durmo do lado esquerdo da cama, mas quando o Pedro não está, ou está na sala jogando videogame, eu me espalho pela cama toda, fico jogada meeesmo!

8) Qual foi seu primeiro bicho de pelúcia e qual o nome dele?
Não me lembro do primeiro, mas me lembro de uma naninha (aqueles travesseiros tipo de pelúcia, sabe? Da Eliana, haha) em forma de tigre, e ele se chamava Onofre por causa de uma história que li e amei na escola. Era meu xodozinho.

9) O que você sempre pede no Starbucks?
Chocolate quente, sempre! Pedi, uma vez, o Frappucino e não curti.

10) Uma regra de beleza que você prega, mas não pratica.
E eu lá prego regra de beleza, gente? Próxima!

11) De que lado você fica no chuveiro?
Oi? Embaixo dele. Virada de costas para a torneira. Tá bom assim? Hahaha

12) Você tem alguma habilidade estranha com o seu corpo?
Desde sempre, todo mundo fala da minha perna torta. E não, ela não é arqueada para fora ou não faz com que eu ande “dez para as duas”, ela é arqueada para dentro. Não sei explicar. Veja nessa fotinho linda e esclarecedora de um paparazzi (aka Andrey Dias) nos meus dias de breve canadense e tire suas próprias conclusões.

166142_1273875985199_5056868_n

13) Qual fast food você sempre come?
Mc Donald’s é o local que mais como, se formos comparar. Mas gosto mais de Burger King.

14) Qual frase de exclamação você sempre fala?
Tirando palavrões (hehehe), no momento: “EEEEITAAAA GIOVANAAAA!”

15) Na hora de dormir, o que você realmente veste?
Normalmente durmo com uma camiseta velha do Pedro. São as melhores e mais confortáveis, né?

Entãão, essa foi a TAG super interessantíssima e com perguntas super relevantes para vocês 🙂 .. Hahaha.. Quero ver a Gabi, do POC Blog, responder essa tag também, só pra eu não me sentir tão sozinha nesse momento de externalização de coisas estranhas da minha pessoa. Hahah. E você, quais são suas manias estranhas? Conta aí!

Beijos e boa sexta-feira 13!