Meu Intercâmbio em Vancouver / Canadá (Parte 8) – Viajando para Victória

Ebaa, a série de posts sobre o meu intercâmbio em Vancouver tá de volta, gente! Pros desavisados de plantão, há 4 anos atrás fiz um intercâmbio para estudar inglês em Vancouver e decidi compartilhar minhas experiências por aqui. Afinal, ajuda e dicas nunca são demais, né? Então se é sua primeira vez por aqui, dá uma olhadinha nos posts anteriores para dar uma aquecida e entender mais sobre os primeiros passos, hospedagem, e depois volta aqui pra continuar lendo, tá?

Meu Intercâmbio em Vancouver / Canadá (Parte 1) – Primeiros Passos

Meu Intercâmbio em Vancouver / Canadá (Parte 2) – Fazendo as Malas e Viajando

Meu Intercâmbio em Vancouver / Canadá (Parte 3) – Curso de Inglês e Hospedagem

Meu Intercâmbio em Vancouver / Canadá (Parte 4) – Stanley Park, Lynn Valley, Gastown e Lookout Tower

Meu Intercâmbio em Vancouver / Canadá (Parte 5) – Grouse Mountain, Vancouver Acquarium, Jogo de Hockey e UBC

Meu Intercâmbio em Vancouver / Canadá (Parte 6) – 23 Curiosidades sobre a cidade

Meu Intercâmbio em Vancouver / Canadá (Parte 7 – Onde fazer compras de eletrônicos, roupas e souvenirs

Buenos, agora que você já leu (ou não, rsrs), podemos partir para o próximo assunto. Se um dia você for a Vancouver, há algumas viagens imperdíveis para fazer, dessas que em um final de semana você mata, e valem super a pena. E Victoria é assim: a capital da British Columbia e uma cidadezinha bucólica e linda. Eu fui no inverno, então não vi paisagens muito “verdes”, mas os parques são famosíssimos, então se você estiver por lá na primavera, não perca!

COMO CHEGAR EM VICTORIA?

É super fácil ir de Vancouver a Victoria, eu fui de skytrain + balsa + ônibus, e o trajeto foi mais ou menos assim: Pegamos a linha de metrô Canadá Line, em Downtwon, sentido a Bridgeport. Lá fizemos baldeação sentido a estação Tsawwassen, e esse trajeto todo dá uma média de 1 hora e meia, é uma pernada. Descendo em Tsawwassen você já verá diversas sinalizações para pegar a balsa sentido Victoria, então é bem tranquilo. E ah, lá chama Ferry Boat (me lembra Zeca Baleiro,r srs). Para mais informações de horários, clique aqui. A média da passagem é CAD$15, então vá preparado. O Ferry é lindíssimo e a paisagem mais ainda; a viagem dura mais 1 hora e meia. Chegando no porto de Swartz Bay, basta pegar qualquer ônibus sentido Victoria Downtown, aí você chega rapidinho! Nós fomos assim, de transporte público mesmo e foi sossegado, mas ainda há a possibilidade de ir de avião. Então, basta pesquisar!

O QUE FAZER EM VICTORIA?

Victoria é uma cidadezinha muito pitoresca, vale a pena só por andar pelas redondezas. A cidade tem um toque bem provincial, então você encontrará muitas arquiteturas clássicas e até castelos. Como tínhamos pouco tempo na cidade (chegamos no sábado e voltamos no domingo), não fizemos muitas coisas. Conhecemos o Craigdarroch Castel, que é um castelo aberto para visitação, e foi bem legal. Você passeia por todos os cômodos e eles estão mobiliados de verdade, inclusive com alguns bonecos imitando os moradores. Confesso que achei meio “Os Outros”. Sabe o filme? Rsrs. Vale a pena! Para mais informações sobre o Castelo, clique aqui. Pelo que me lembro, também foi algo de CAD$15 o ingresso. Além disso, andamos por Chinatown (que tem em todo lugar!), conhecemos o parlamento e o Hotel Empress, que são cartões postais da cidade! Uns amigos quiseram ir para balada, mas eu não fui. Adianto: a noite victoriana não é lá tão animada.

167685_1287709131019_7069258_n

166461_1287709611031_116137_n

166621_1287709971040_5993931_n

166414_1276021398833_3302583_n

179065_1276020478810_6184420_n

167597_1276021798843_2414171_n

162733_1276021198828_1002357_n

163071_1276021918846_4863197_n

165173_1287709771035_7445212_n

168178_1276023998898_7729413_n

Se você gosta de arquitetura antiga, vale a pena conhecer. Além do mais, é a capital da Colúmbia Britânica, né? A cidade é linda, e deve ser mais ainda na primavera. 🙂

Beijos!

Anúncios

21 comentários sobre “Meu Intercâmbio em Vancouver / Canadá (Parte 8) – Viajando para Victória

  1. Júlia, que linda você foi em fazer este apanhado de Vancouver. Está sendo de grande ajuda, visto que irei para lá em Agosto.

    Será que ficando apenas um mês irei conseguir fazer os passeios (irei estudar apenas no período da manhã (8h50 as 14h30)) e realizar compras??? rsrs…

    Ah!!! Quando você chegou lá antes de começar as aulas, ficou perdida em se locomover por lá? Seu inglês estava bom quando foi?

    Obrigada pela ajuda.

    Beijos,

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Alessandra! Ai, que bom que os posts têm sido úteis, fico muito muito feliz! Você vai amar Vancouver, a cidade é apaixonante! Um mês dá sim pra você conhecer bastante coisa, fique tranquila, é só se planejar! Você pode fazer passeios próximos após a escola, já q vc vai sair 14h30! Nos finais de semana aproveite para fazer passeios mais longos, como ir às montanhas, Capilano, Victoria, Whistler ou até Seattle. Você consegue sim, eu também fazia a maioria dos passeios aos finais de semana! 🙂 Eu, quando fui, já tinha inglês avançado, mas fique tranquila, as pessoas são muito hospitaleiras e acostumadas a receber intercambistas, então farão de tudo para te ajudar. Se você ficar em Home Stay, já na sua chegada eles te ensinarão o caminho para ir à escola e depois você vai pegando o jeito, é tudo muito bem sinalizado e você se vira rapidinho, sem medo! 🙂 Se precisar de mais ajuda, é só dizer!
      Um super beijo e boa viagem!!! ❤

      Curtir

    • Oi Helen!! Que ótimo, fico tããão feliz!! 🙂 Que legal que seu filho vai para o Canadá, ele vai adorar a experiência, é única! 🙂 É bacana levar lembrancinhas que são tipicamente brasileiras: havaianas, algo da Natura ou Boticário, Cachaça, pulseirinha do Senhor do Bonfim, essas coisas! Espero que tenha ajudado. Super beijo e volte sempre!

      Curtir

    • Oi Hérica!! Ai que bom que gostou das dicas!! Você vai amar Vancouver, é demais! Eu fiquei do meio de Dezembro até o final de janeiro! Olha, confesso que é um mês bem chuvoso por lá.. Você vai pegar bastante dias nublados, mas, com sorte, verá um solzinho! Hahaha.. De qualquer maneira, é lindo de qualquer jeito!! Beijão!

      Curtir

    • Oi Jú, minha xará! 🙂 Eu acredito que dê sim, a cidade é pequena e você consegue se programar para fazer os passeios em um único dia. O problema é se você fizer um bate e volta, porque o trajeto até lá é um pouco demorado, e isso pode atrapalhar na sua programação! Bjs 🙂

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s