Falando Sobre: Entre Abelhas

Ultimamente eu e o Pedro temos ido bastante ao cinema (é o nosso passeio preferido, haha) e neste final de semana finalmente assistimos Entre Abelhas, que estávamos super ansiosos para assistir. Para quem não sabe, o longa é brasileiro e o mais novo filme do Fábio Porchat (aquele mesmo, do Porta dos Fundos) dirigido pelo Ian SBF (o diretor do Porta). E olha, me surpreendeu em um tal nível que eu não esperava. Os filmes brasileiros que têm grande apelo na mídia são sempre focados na comédia pastelão, na miséria nordestina ou no tráfico (nos morros do RJ ou nas favelas de SP). Claro que muitos outros longas (e curtas também) são lançados fora desses temas, mas acabam não caindo no grande circuito e grandes salas de cinema, são mais alternativos; e Entre Abelhas está no circuito nacional de cinema e foge desses esteriótipos. Ainda bem. Falo um pouco mais dele.

entre-abelhas

Entre Abelhas conta a história de Bruno, um homem recém separado de sua mulher (interpretada pela linda Giovana Lancellotti) que está naquela deprê pós termino e, misteriosamente, começa a deixar de ver algumas pessoas. E não esquecê-las: ele não as vê mesmo, como se elas não existissem. As pessoas que antes estavam ali, agora já não estão mais, inclusive nas fotos em que antes apareciam. Até perceber que isso está ocorrendo e se dar conta de que as pessoas (algumas delas) tornaram-se invisíveis, Bruno tropeça no ar (ou nas pessoas, rsrs), deixa pessoas falando sozinhas (já que não as vê e não as ouve), etc. Quando percebe que as pessoas estão sumindo, Bruno começa a entrar em uma loucura e procurar ajuda, entretanto poucas pessoas sabem do ocorrido: sua mãe (interpretada maravilhosamente por Irene Ravache) e seu psiquiatra. O filme se passa com Bruno tentando entender o que está acontecendo e por que algumas pessoas somem, enquanto outras não. Marcos Vera, que interpreta o amigo de Bruno, também tem papel primordial nesse momento, além da ex mulher.

entre-abelhas-2

É um filme maravilhoso, corajoso, ousado e extremamente bem dirigido e interpretado. Confesso que não estava esperando muito do filme: sabia que seria bom, pelas críticas positivas que havia lido, mas não esperava que fosse tanto. Saí do cinema atônita, sem conseguir falar muito sobre o que eu acabara de ler. Eu e o Pedro ficamos pensativos por um bom tempo até conseguirmos falar e conversar sobre o filme. Fábio Porchat, neste filme, mostra a que veio e, finalmente, se consagra como ator. E que fique claro: o filme NÃO é comédia. Vi muitas pessoas fãs do ator ou do Porta dos Fundos indo ao cinema e reclamando, ao fim do filme, que não entenderam ou não gostaram e muito, provavelmente, pois não sabiam que era um drama. O filme é denso, é pesado. Mas é uma obra prima. Estou muito feliz e orgulhosa de ter podido assistir a um filme tão rico quanto esse. Como disse Gabriel Gaspar, crítico e cinéfilo, no seu Canal do Youtube (Acabou de Acabar), ainda bem que este filme conta com atores tão conhecidos, pois, somente assim, esse filme terá grandes proporções. Para ver a resenha completa que ele fez do filme, clique aqui. Infelizmente, o circuito cult, alternativo e indie do cinema ainda é restrito a poucas salas de cinema e ao público específico que curte este tipo de filme.

Nota importante: O filme é um drama, mas há momentos engraçados, mas são apenas alívios cômicos da trama. Nada de risos largados por horas, ok? Só para você não se frustrar. 🙂

Ian SBF, Fábio Porchat e equipe estão de PARABÉNS. Estou maravilhada. Entre Abelhas merece ser visto, revisto, discutido, interpretado e muito mais. Obra prima ♥

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s